© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

O que você precisa saber para ser AU PAIR

13.08.2017

 

Como já sabem fui au pair nos estados unidos, eu tinha 23 anos, fiz o processo através de uma agência de intercâmbio, a STB.

 

Hoje estou na Austrália sendo au pair de novo, mas o processo foi diferente da última vez. 

 

Ser au pair é diferente se der nanny ou babysitter. A Au pair mora com a família, ganha um pouco menos porque tem benefícios como moradia e alimentação. A nanny não mora com a família por isso o salário é maior, a babysitter toma conta das crianças somente às vezes, é um trabalho casual, os pais procuram babysitter quando eles tem algum compromisso e não tem com quem deixar as crianças.

 

Tem muitos países onde é possível ser au pair. Mas o destino mais popular é definitivamente os Estados Unidos.
 

Ser au pair através de uma agência do Brasil.

 

Geralmente, a pessoa interessada em seu au pair procura uma agência de intercambio no Brasil, paga para eles e eles te auxiliam no processo. Para quem nunca morou fora eu recomendo fazer o processo dessa maneira, Porém fazer o processo por agência tem algumas restricões:

 

  • As agências no Brasil não trabalham com todos os países, eu fiz uma pesquisa na internet e só achei agencias que trabalham com os Estados Unidos, Alemanha, França, Holanda e Bélgica.

  • Já falar o idioma do país no nível intermediário

  • O programa geralmente dura 1 ano com possibilidade de estender e ficar mais.

  • Tem limite de idade: que depende do país, a maioria deles vc deve ter entre 18 a 26 anos.

  • Você precisa possuir carta de motorista e saber dirigir

  • Ter uma determinada quantia de horas de experiência com criança.

 

As agências trabalham com esses países porque o governo reconhece o programa de au pair,  tanto é que nos Estados Unidos tem até um visto específico para quem vai entrar no país como au pair, que é o visto J1.

 

Ser au pair por conta própria

 

E se você já passou da idade limite? E se você quer ir pra outro país que não seja esses que as agências oferecem? É possível? SIM!  
 

Como já expliquei no vídeo anterior – se vc ainda não viu, clique aqui  - eu vim para a Austrália como estudante, então a agência que eu fui intermediou no processo  de entrar no país como estudante.

 

Como eu precisaria trabalhar nesse período para me sustentar, antes mesmo de chegar aqui eu já comecei a procurar emprego pela internet, mas é um pouco difícil encontrar algo quando você ainda não está no país, os sites pedem um telefone de contato e endereço local ou os empregadores querem que você compareça para entrevista.

 

Eu mandei meu CV pra muitas vagas através dos sites GumTree e Indeed Jobs, mas nenhuma me respondeu.

 

Fora que eu não tenho experiência em cafés, nem como garçonete, nem nada do que a maioria das vagas estavam pedindo. Então decidi procurar uma família para tomar conta de criança, já que tenho bastante experiência nisso.

 

E foi assim que decidi ser au pair, me inscrevi em sites de agências australianas de babás e au pairs, recebi muitos contatos – mas algumas dessas agências daqui também tem limites de idade, então recebi resposta negativa de uma delas.

 

PS: existem agências de au pairs no próprio país que não tem nenhuma conexão com agências no Brasil.

 

Mas não desanimei, comecei a divulgar meu CV nos grupos de au pairs e nannies do Facebook e percebi que haviam muitas famílias anunciando vagas de au pairs por conta própria também, foi ai que mandei inbox para umas 5 famílias e fiz entrevista por Skype com 3 delas.

 

No final das contas fechei com uma que se encaixou perfeitamente com os meus horários e com o meu perfil.

 

A minha host family, carga horária e salário

 

Cuido de 2 crianças, 2 e 6 anos. Trabalho 3 dias na semana.

 

Meu dia-a-dia como au pair é: levar e buscar a menina mais velha da escola, ficar com o menino pequeno o dia todo (ele dorme no mínimo 2 horas por dia). Dar uma organizada na casa, por a louça na lava-louça, lavar as roupas das crianças, dobrar e guardar e manter os brinquedos organizados.

 

Eles me pagam $200 por semana, eu tenho o meu quarto, comida a vontade e não pago nenhuma outra conta, exceto pelo meu celular.

 

Eu acho o programa de au pair super negócio pra quem quer morar fora mas precisa trabalhar pra se bancar. Eu já cheguei aqui com emprego garantido, trouxe apenas 500 dólares para os gastos dos primeiros dias e não precisei gastar nem metade do dinheirinho suado que juntei no Brasil.

 

Mas preciso alertá-los que morar com famílias tem seus riscos, eles podem não ser tao legais como pareciam no Skype, por ta

 

nto, esteja ciente disso, pergunte todas as coisas que precisa perguntar antes de fechar com a família, peça fotos do quarto, peça que eles te enviem uma descrição do cargo, com seus horários, responsabilidades etc, ou até mesmo que façam um contrato.

 

É importante que você se programe pois se não der certo vc vai ter que pegar suas coisas e procurar outra família ou emprego.

 

Boa sorte a todos e qualquer pergunta, deixe nos comentários do vídeo XD.

 

 

  

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload