© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

América do Sul Parte 2 | Puno e Lago Titicaca

17.09.2017

Pegamos o ônibus no terminal em Cusco em direção à Puno, são aproximadamente sete horas de viagem e a passagem (só ida) nos custou $50 soles. 

 

Puno não é um lugar que tem grandes atrações para se ver, a cidade é bem feia e pobre, as calçadas são estreitas demais e o trânsito é infernal. Fomos direto para o hostel que tínhamos reservado, compramos os passeios para o lago Titicaca, que faríamos no dia seguinte e que custou $35 soles cada (barganhem pois pode custar mais), nos enfiamos no quarto e não saímos mais. Não chegamos a explorar a cidade, sabíamos que não tinha muito o que se ver e além disso estava chovendo muito.

 

Pela manhã começou o tour para a Isla de Uros e Taquile. A primeira são ilhas flutuantes que os próprios nativos fazem, no lago Titicaca, com uma espécie de planta chamada totora. É tudo feito com essa planta: as ilhas, os barcos e eles até comem a planta, mil e uma utilidades.

 

O lugar é bonito, eles preservam os costumes dos ancestrais, então as crianças e as mulheres usam aquelas saias coloridas e tranças, eles também vendem artesanatos, eu comprei uma pulseira. Você conhece algumas famílias tradicionais e eles te mostram as casinhas e como costumavam viver ali na ilha flutuante, mas hoje em dia, é claro, que a ilha é mantida apenas como uma fonte de renda.

 

Só uma coisa não nos agradou, tivemos que pagar $10 soles cada só pra atravessar o lago de barco por cinco minutos, sendo que já tínhamos pagado pelo tour e não avisaram que teríamos que pagar mais coisas no local, então quando for comprar o tour, negociem a travessia do lago também. Esse passeio durou no máximo uma hora e meia e de lá seguimos para a Ilha Taquile. 

 

Demora por volta de uma hora e meia de barco para chegar em Taquile, o lugar é incrível. Na minha opinião, superou o passeio anterior. Ao chegar, tem uma subida de matar, mas quando você alcança a praça principal, no topo da ilha, a vista é de valer qualquer esforço, ao longo do caminho até o topo vai te render fotos incríveis. Paramos para almoçar, peixe, arroz e batata, antes de descermos e fazer o caminho de volta à Puno. Tinha uma galera muito legal fazendo esse tour junto com a gente, fizemos muitas amizades bacanas. 

 

Chegamos de volta em Puno no fim da tarde, era aniversário da Foguinho de Palha, paramos numa confeitaria em frente ao nosso hostel e compramos umas fatias de bolo para comemorar. Na mesma noite, pegamos o ônibus para Tacna, mais umas sete horas e meia na estrada e a passagem nos custou $35 soles.

 

Chegamos em Tacna pela manhã e já pegamos um táxi para Arica (já no Chile). A viagem de táxi durou uma hora e custou $3.000 pesos chilenos para cada. Estávamos tristes por nossa jornada pelo Peru ter terminado, mas prontas para começar a segunda parte da aventura em território chileno.

 

A aventura continua no próximo post.

 

 PS: essa viagem foi feita em Dez 2012/Jan 2013 mas os preços estão atualizados.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload